domingo, 17 de agosto de 2014

Playlist -Para Sempre

Playlist com músicas legais, músicas sensacionais, músicas que você canta até para seus pais...
Hoje a playlist é de músicas que todas as vezes que ouço saio cantando ou sentindo a música, e que serão boas para sempre.


  1.  Europe - The Final Countdown
  2.  Maroon 5 - Misery
  3.  Journey - Don't Stop Believin' 
  4.   U2 - Beautiful Day
  5.   Red Hot Chili Peppers - Snow (Hey Oh) 
  6.   Shakira - Hips Don't Lie ft. Wyclef Jean
  7.   30 Seconds To Mars - Closer To The Edge
  8.   Paramore: That's What You Get
  9.   Bon Jovi - Misunderstood
  10.   Nickelback - Lullaby
  11.   Foo Fighters - Learn To Fly
  12.   Green Day: "Holiday"
  13.   Baha Men - Who Let The Dogs Out 
  14.   Capital Inicial - Quatro Vezes Você 
  15.   Rihanna- Rihanna Disturbia 
  16.   Nickelback - How You Remind Me
  17.   Cobra Starship: Good Girls Go Bad ft. Leighton Meester
  18.   Train - Hey, Soul Sister
  19.   Oasis - Wonderwall - Official Video
  20.   Lady Gaga - Telephone ft. Beyoncé
  21.   Shania Twain - Man! I Feel Like A Woman
  22.   Lady Antebellum - Just A Kiss
  23.   Ricky Martin - Livin' La Vida Loca
  24.   Daniel Powter - Bad Day (Official Music Video)
  25.   Capital Inicial - Algum Dia
As músicas não são de um único artista, nem de um único estilo, nem todas são velhas, mas todas serão sempre "cantáveis" para mim ♥

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Livros: A Maldição do Tigre

Oi galera, como estão?
Bom, hoje é dia de mais uma resenha aqui no blog, e o livro dessa vez é A Maldição do Tigre.

A Maldição do Tigre é um livro de romance/aventura escrito por Collen Houck, no qual conta a história da jovem Kelsey de 17 anos que acabou de se formar na escola e está em busca de um emprego de verão para posteriormente entrar na faculdade. Kelsey convivia com a solidão, pois havia perdido seus pais, por isso morava com Sarah e Mike, seus tutores.
Certo dia, Kelsey vai a uma entrevista de emprego, e consegue o serviço no circo, sua função seria cuidar dos animais e ficar na bilheteria. Quando ela começa a trabalhar no circo, fica completamente encantada com um enorme e lindo tigre que era a atração principal dos espetáculos, porém o que Kelsey não sabe é que o belo tigre de olhos azuis na verdade é na verdade Alagan Dhiren Rajaram um príncipe indiano que há 300 anos atrás foi amaldiçoado por um mago, e Kelsey é a única que pode livra-lo dessa maldição.

Fiquei sabendo do livro ano passado, quando um amigo meu achou um marca páginas no chão da sala de vídeo da minha escola, e deu o marca páginas pra eu ver. Fiquei simplesmente encantada com a capa do livro. Pesquisei um pouco sobre a história e acabei vendo mais críticas ruins do que boas, mas mesmo assim não perdi a vontade de ler. Então esse ano finalmente consegui o livro emprestado.
Achei o livro bem legal, no começo tem algumas partes que eu particularmente achei engraçadas, porém haviam partes que eram meio paradas. 
A Kelsey, no meu ponto de vista é uma garota bem insegura de si mesma, meio dramática que as vezes chegava a ser meio chata, talvez seja por isso que me identifiquei bastante com ela (sou tipo uma versão real da Kelsey), mas ela também é uma garota corajosa, divertida e sonhadora. Super recomendo o livro e estou bastante ansiosa pra ler os demais livros da saga.

Por hoje é isso gente, espero que tenham gostado, e se tiveram a oportunidade leiam esse livro pois é muito bacana.
Não se esqueçam de seguir a gente lá no Twitter e curtir nossa page lá no Facebook!

Grande beijo!
sexta-feira, 25 de julho de 2014

Livros: A última música

Oi galera, como vocês estão?
Peço desculpas pelo sumiço aqui do blog, mas pretendo tentar voltar com postagens regulares por aqui.
E hoje é dia de resenha, vou falar do livro A Última Música.

O livro conta a história de Verônica Miller, (mais conhecida como Ronnie), uma jovem rebelde de 17 anos cujo os pais são separados e ela mora com a mãe em Nova York.
Após a separação, Ronnie fica extremamente magoada com os pais, principalmente com o pai Steve, um ex pianista que mora  na praia de Wrightsville na Carolina do Norte.
Certa vez, a mãe de Ronnie decide que ela e seu irmão Jonah devem passar o verão com seu pai na Carolina do Norte, mesmo contra sua vontade, Ronnie acaba indo, porém, a relação com o pai não é das melhores.
Lá, Ronnie acaba conhecendo algumas pessoas, como Bleze, Marcus (pessoas com as quais ela acaba se decepcionando) e Will, um garoto bonito e popular da cidade pelo qual ela se apaixona.
O romance entre Ronnie e Will não é nada fácil, pois Ashiley a ex namorada de Will tenta afasta-los de qualquer forma, e também porque os pais de Will não aceitam os dois juntos, mas apesar de tudo um não desiste do outro.
A partir do momento que Ronnie se permite viver aquele amor, as coisas entre ela e o pai também melhoram, porém ela descobre que o pai tem câncer e que já está em fase terminal e tudo desmorona de novo.

Bom, li esse livro há dois anos atrás e sou meio suspeita para falar dos livros do Nicholas Sparks, pois ele é um dos meus escritores favoritos por escrever o tipo de história que eu gosto (Romance meio dramático). Todos os livros dele que li até agora, gostei bastante e esse com certeza não é diferente.
Quando eu estava na metade do livro assisti o filme na escola e acabei desanimando de ler, pois não gostei muito do filme, mas mesmo desanimada continuei lendo e fiquei extremamente feliz por não ter sido nem um pouco parecido com o filme.
Acho que em todos os livros acabamos nos identificando com algum personagem, nesse livro me identifiquei um pouco com a Ronnie, por ela parecer uma pessoa um tanto quanto "fria", não demonstrar tanto os sentimentos, mas por dentro ser quase uma "manteiga derretida" e uma boa pessoa, que sabe perdoar e sabe quando deve ser perdoada e se importar com o próximo, e também por ser um tanto quanto insegura com certas coisas.
A história é extremamente linda e emocionante, você que apenas assistiu o filme, leia o livro também, pois não tem nem comparação!

É isso galera, sigal a gente lá no Twitter e curtam nossa página no Facebook

Beijinhos!
terça-feira, 24 de junho de 2014

Filmes: Artifact

Oi gente o/
Hoje vou falar do Artifact, que é um documentário produzido pelo 30 Seconds To Mars.

Sinopse: Quatro cinegrafistas registraram mais de 3500 horas de Jared Leto e sua banda "Thirty Seconds to Mars", enquanto a banda de rock terminou seu último álbum "This Is War" em 2008 e 2009. Um produto final, construído a partir desses vídeos será lançado como um documentário, "Artifact". Jared Leto espera que o filme seja, literalmente, um artefato de um tempo específico, o grupo, sua vida pessoal, e "o que realmente está acontecendo no mundo". "Documentários são realmente interessantes. Eles não são apenas escritos para você para atirar, mas escrito enquanto você está editando. Eu realmente gosto do processo de documentação ", disse Jared Leto para HitFix em Park City. "Você realmente não pode documentar este período de tempo sem entrar na crise financeira global, o fato de que um novo presidente seja eleito, a história foi feita, foi um momento muito difícil e intenso no mundo e tem um impacto sobre nossas vidas". Incluído em "Artifact", uma entrevista com Daniel Levitan, autor de "This Is Your Brain on Music", "outros artistas, músicos, pessoas que falam sobre tudo, de amor, arte, a guerra, o estado da indústria da música e do mundo. "

Esse documentário me fez pensar no lado do artista em relação à gravadora, e essa relação não é das melhores, me faz pensar em cada download de alguma música que faço "ilegalmente" pela internet e até penso nos downloads irregulares de livros pela internet e que isso é um descaso com o artista/escritor.
As gravadoras não incentivam o artista buscam mais o lucro vindo dele, às vezes achamos ruim que a nossa banda favorita mudou muito seu estilo de um álbum para o outro, mas isso pode ser culpa da gravadora que manda o artista fazer isso para ver se há retorno financeiro.
Depois que vi o documentário respeito mais ainda o trabalho dos artistas, não importa o gênero, pois as mudanças às vezes não podem ser culpa somente do artista.
Eu recomendo bastante o documentário, pra quem é fã é bom porque tem todo o processo criativo e sofrido da banda (ela foi multada por 30 milhões de dólares).
Até breve o/
Curtam a nossa página e sigam o nosso twitter
Estamos buscando fazer mais postagens no blog, o nosso tempo está muito curto :/

Fan Page

Search

Carregando...

Faça Parte!