quinta-feira, 24 de março de 2016

Notas sobre ela



Mas ela é mesmo assim, calada, na dela, não costuma dizer quando está com raiva, triste ou incomodada, ela sempre vai dizer que está bem mesmo que não esteja, ela espera que você perceba que há algo errado com ela, afinal, apesar de não dizer, ela não sabe disfarçar, ela quer que você a abrace sem dizer uma palavra, ela é detalhe, cara, leia suas entrelinhas.
Ela é intensa demais e já mergulhou em amores rasos, ela já partiu seu coração em milhões de pedaços, e não quer isso de novo, ela quer alguém que fique, que permaneça mesmo que ela seja difícil de lidar. Ela não quer implorar que você fique, ela não quer implorar seu amor, ela quer que você fique pois seu amor já basta, se tem algo que ela aprendeu é que as pessoas permanecem porque querem e não por se sentirem obrigadas.
Ela se chateia e fica triste por coisa boba, por isso cuidado com as atitudes, as palavras ditas ou o modo de conversar com ela. Ela quer que você entenda seu silêncio e não a interprete mal. Ela quer que você a ame da maneira que ela é, que aceite suas qualidades assim como seus defeitos, e a ajude a melhorar no que pode ser melhorado. Ela quer que você se interesse sobre tudo o que ela tem a dizer, mesmo que o assunto não seja tão legal para você, pois ela se interessa sobre tudo o que você tem a dizer.
Ela é tanto insegura, por isso não fale de outras garotas para ela, ela é ciumenta e as vezes pode surtar por causa disso, pois não pode nem por um segundo te imaginar ao lado de outra pessoa. Ela é romântica e adora romantismo, adora receber flores, cartinhas, chocolates, abraços, beijos, mensagens e ligações inesperadas no meio do dia. Ela quer demonstrações de carinho, ela quer que você a ame de todo seu coração. Ela quer ser especial pra você, ela quer que você só tenha olhos para ela, assim como ela só tem olhos para você. Ela quer ser a única na sua vida e não apenas mais uma da sua lista.
Ela é amor da cabeça aos pés, e não liga se as pessoas acham brega. Ela ama demais, por isso em hipótese alguma duvide de seu amor, se ela estiver com você, pode ter certeza que ela te ama da maneira mais profunda, mesmo que algumas vezes não saiba demonstrar ou demonstre da maneira errada.  Ela é esforçada e dedicada em tudo o que faz e busca ser a melhor em tudo. Ela não sabe reagir a elogios, mas adora recebe-los, mesmo que não esteja nos seus melhores dias, na verdade, especialmente nesses dias.
Ela é vaidosa, mas há dias que ela só quer ficar de pijama e com o cabelo despenteado o dia todo. Ela gosta de atenção e não gosta de maneira alguma ter que dividir sua atenção com outra pessoa, as vezes ela é mimada e meio marrenta.
Ela já quebrou a cara inúmeras vezes, já se decepcionou com pessoas, mas mesmo assim, ela não perde a mania de ter fé na vida. Ela sempre busca ver o melhor das pessoas e achar beleza até nas situações mais horríveis. Ela nunca perde o riso, na verdade, ela ri de tudo e o sorriso é seu ponto forte. Ela é sentimental e chorona mesmo que não demonstre isso, odeia chorar na frente das pessoas, mas chora ouvindo uma música, lendo um livro ou assistindo um filme, aliás, as palavras e o cinema são sua paixão e são nessas coisas que ela se encontra.
Ela é sonhadora, e mesmo que nada dê certo e ela desanime, sempre existe esperança em seu coração e a vontade de tentar de novo. Ela é calmaria, mas não queira tira-la do sério. Ela dá muito valor as pequenas e simples coisas da vida, ela ama sua família, mas acima de tudo, ela ama a Deus e sabe que sem Ele, ela não é nada. Ela tem poucos amigos, mas os que tem, valem ouro e ela não troca por nada. Ela não mede esforços para ver quem ela ama feliz e sorrindo.
Ela tem qualidades, mas também tem defeitos assim como todo mundo e são essas coisas que a fazem única e diferente das outras. Ela sabe seu valor, ela sabe que é única porque ela, bom, ela é simplesmente ela.

Cicatriz


Ela sempre sonhava com o dia em que encontraria o grande amor da sua vida, sempre quis ser amada e viver seu próprio conto de fadas, era o tipo de garota romântica que acreditava no amor.
Até que um dia encontrou alguém que julgava ser a pessoa dos seus sonhos, mas, mal sabia ela que apenas uma pessoa poderia fazer um estrago em seu coração, alma e vida. Não sabia que apenas uma pessoa tiraria dela toda sua felicidade, fazê-la parar de sorrir e fazê-la acreditar que tudo não passava de uma mentira, e passar a se questionar: “será que o amor existe mesmo?”.
Ela nunca foi uma garota comum, quando amava, entregava todo o seu coração e toda a sua vida, tentava demonstrar aquilo de todas as maneiras possíveis, e bem, ela não era retribuída da mesma maneira. “Pior cego é aquele que não quer ver”, dizia sua mãe, mas ela não escutava... Até que chegou o dia em que o castelo desmoronou e o conto de fadas que vivia teve um final trágico, nada de “felizes para sempre”.
A partir daí, ela criou uma bolha envolta de si para não sofrer mais, não se machucar nunca mais, seus dias passaram a ser cinzas, a garota alegre e sorridente com o olhar cheio de esperança, deu lugar a uma garota triste, olhos sem brilho, e um sorriso triste que entregava todo o seu caos. Apesar de tentar incessantemente, nunca conseguia esconder o que sentia, mas mesmo assim, quando alguém perguntava, dizia que estava tudo bem, e apesar de todos os vestígios de tristeza em seu rosto, as pessoas acreditavam. Ela passou a char que era o problema, e que era a culpada de tudo.
Ela passou a desacreditar no amor, passou a se fechar ainda mais, ficou ainda mais insegura do que já era, e passou a manter distância das pessoas, para que não se machucasse de novo.
Até que um dia ela te encontrou, e com apenas uma brincadeira boba você a fez sorrir de novo, fez ela se sentir como há meses não se sentia: feliz, mesmo que por alguns minutos. O tempo foi passando e ela tentava te tirar de sua mente, pois tinha medo. Tinha medo de se machucar novamente, de sofrer novamente, de entregar seu coração a pessoa errada ele ser partido ainda mais, pois não havia ninguém que fizesse seus caquinhos se juntarem novamente. Ninguém, exceto você!
Você apareceu do nada em um dos momentos mais difíceis de sua vida, e com jeitinho, com o seu jeitinho, todo especial de ser, a conquistou de uma forma inexplicável... Ela se apaixonou por você porque você fazia bem a ela, você fez ela voltar a sorrir, você foi colorindo a vida dela aos poucos com cada gesto, cada conversa, cada mensagem, cada presente, cada palavra. Você simplesmente atravessou toda aquela barreira de proteção que ela havia criado em volta dela com apenas um sorriso e cada abraço que você dava, era como se todos os caquinhos de seu coração fossem juntados, ela espera fazer você voltar a ser aquele garoto alegre e sorridente que ela conheceu antes de ela ter te machucado.
Apesar de tudo o que você fez por ela, ela te machucou muito, eu sei, mas dê um desconto e tente a entender, antes de você um babaca havia partido seu coração da forma mais cruel possível, e voltar a acreditar no amor novamente após uma decepção é bem difícil, mesmo com todas as demonstrações e gestos, para ela era difícil acreditar que alguém a amava de verdade daquela forma que ela sempre sonhou, na verdade, muito além  do que ela sempre sonhou, ela não estava acostumada com tudo isso, já que a última pessoa em que acreditara e entregara seu coração afez de gato e sapato, sei que o culpado não era você, mas era difícil ela acreditar de novo, acreditar que o castelo não desmoronaria de novo, acreditar que tudo aquilo era de verdade, afinal, ela já se iludira antes. Você não imagina o quão é difícil para ela saber que machucou alguém que fez tanto por ela, que faz tão bem a ela, que a faz tão feliz como jamais se sentiu antes. Ela não espera que você volte a lhe dar flores e presentes, ela só espera que você a perdoe de coração, ela espera juntar todos os pedaços do seu coração, assim como você fez com ela, ela espera te fazer tão feliz e tão bem quanto você faz ela, ela espera que você ainda a ame apesar de tudo, e que queira ela ao seu lado e jamais desista dela. Ela é complicada, teimosa, calada, as vezes chata, e bem difícil de lidar, mas jamais, jamais mesmo duvide do amor que ela sente por ti... é um amor tão grande que por mais que se passem anos, séculos, ela jamais saberá como explicar, ela te ama, cara, ama como jamais amou alguém, a você ela já entregou seu coração, pode não ser muito pois talvez ele não esteja intacto, afinal as rachaduras e cicatrizes permanecem, mas é tudo o que ela tem de mais precioso.
Ela já mudou por você, e saiba, que ela seria capaz de qualquer coisa para te fazer feliz, perdoe-a, e se abra para que as feridas sejam saradas, se abra para as coisas que ela faz por ti para te fazer bem e te fazer feliz. E jamais, jamais duvide do amor dela por ti!

quarta-feira, 23 de março de 2016

Resenha: Por Lugares Incríveis


E aí galera, tudo bem?
Sei que o blog anda meio (completamente) sumido, mas estou querendo voltar com ele aos poucos, e hoje, vim trazer para vocês a resenha de um livro que é um amorzinho: Por Lugares Incríveis.

Nome: Por Lugares Incríveis
Autor(a): Jennifer Niven
Editora: Seguinte
Número de páginas: 335.
Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver. Quando Theodore Finch conhece Violet Markey em circunstâncias nada usuais, surge uma amizade única entre os dois. Cada um com seus próprios traumas e sofrimentos, eles se juntam para fazer um trabalho de geografia e acabam descobrindo muito mais do que lugares incríveis no estado onde moram: a vontade de salvar um ao outro e continuar vivendo."
Por Lugares Incríveis conta a história de dois jovens que se conhecem no topo da torre da escola onde estudam prestes a se jogar de lá. Ela, Violet Markey que aparentemente tinha uma vida perfeita, amigos populares, pais que se importavam com ela e um futuro promissor. Violet gostava muito de escrever e tinha uma revista online com sua irmã Eleanor, que morreu em um acidente de carro. Por se sentir culpada pelo acidente da irmã, Violet  para de escrever, se afasta de todos e busca um modo de como seguir sua vida após a tragédia, e conta os dias para que as aulas acabem e ela possa finalmente ir embora da cidade onde mora.
Ele, Theodore Finch, o rapaz que faz o que estiver com vontade de fazer, e encara um personagem diferente a cada semana. Por causa de sua personalidade nada comum, acaba se tornando o esquisito da escola e chamado por todos de "aberração". Já não bastasse os problemas na escola, Finch tem que lidar  com inúmeros e longos períodos de depressão, uma família que não liga para ele e um pai violento. Por se sentir deslocado de tudo e de todos, Finch está constantemente buscando novas formas de suicídio, e é em uma de suas tentativas de se matar que ele conhece Violet também prestes a se matar.
Um ajuda o outro a sair dali e se juntam para fazer um trabalho de geografia que consiste em conhecer lugares incríveis no estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem ele possa ser ele mesmo, em quem pode confiar, encontra alguém que se importa com ele, e Violet deixa de contar os dias e passa a vive-los de verdade.

O livro é todo narrado em primeira pessoa, onde os capítulos se intercalam entre Theodore e Violet, são capítulos super curtinhos e de fácil leitura. 
O mais legal, é que no final do livro, a autora conta um pouco sobre algo que aconteceu com ela e o que ela sabe a respeito de suicídio pois  houve um caso com uma pessoa próxima a ela.
Por Lugares Incríveis é o tipo de livro que nos faz pensar um pouco mais na vida, nas outras pessoas e rever algumas de nossas atitudes, pois muitas vezes julgamos, ou falamos mal de alguém, lançamos palavras contra pessoas sem nem ao menos conhecer, sem saber seus problemas, suas guerras internas, seus pensamentos, e não paramos para pensar no quanto aquilo pode fazer mal apara a pessoa, no quanto aquilo pode machucar, ou que exista algum motivo para ela ser daquele jeito e só está procurando alguém que a escute, abrace, conforte, ajude ao invés de julgar e falar mal.
Vamos amar mais e julgar menos, estender a mão antes de falar qualquer coisa, buscar entender, conhecer e ajudar as pessoas e seu modo de ser ou de viver antes de julgar.

Super recomendo a leitura, e vou deixar com vocês algumas frases que me chamaram a atenção ou que me tocaram no livro.

"Não sou perfeita. Tenho segredos. Sou uma bagunça. Não só o meu quarto, mas eu mesma. Ninguém gosta de bagunça."

"Amo o meu quarto. O mundo é melhor aqui do que lá fora, porque aqui sou quem eu quiser. Sou uma autora brilhante. Posso escrever cinquenta páginas por dia e nunca fico sem palavras."

"Aprendi que existem coisas boas no mundo se você procurar por elas. Aprendi que nem todo mundo é uma decepção, incluindo eu mesmo."

"Agora tudo o que vejo é uma garota morrendo de medo de viver. (...) Você precisa retomar as rédeas. Ou vai ficar em cima do parapeito que construiu para si mesma para sempre."

"Ao que parece, crescer trinta e cinco centímetros é fácil, o difícil é conseguir crescer para além de um rótulo. E é por isso que é mais vantajoso fingir ser como todo mundo, mesmo sabendo desde sempre que somos diferentes."

"Aprendi por experiência própria que a melhor coisa a se fazer é não falar o que realmente pensamos. Se não falamos nada, as pessoas concluem que não estamos pensando em nada além do que deixamos que elas vejam."

"Uma corrente de pensamentos passa pela minha cabeça como uma canção grudenta, de novo e de novo, sempre na mesma ordem. Sou defeituoso. Sou uma fraude. Sou impossível de amar."

"Chorei um pouco, mas na maior parte do tempo estou vazia, como se o que me fizesse sentir e sofrer e rir e amar tivesse sido removido cirurgicamente, me deixando oca como uma concha."

"Você me faz adorável, e é tão adorável ser adorado por aquela que adoro..."

Enquanto lia o livro e fazia essa resenha, me lembrei da música Ame mais, Julgue menos da Marcela Taís, e vou deixar aqui para vocês escutarem. 


Então é isso pessoal, espero que tenham gostado, e se puderem, leiam o livro vale muito a pena.

Beijinhos e até a próxima ♥

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Resenha: Para onde ela foi



E aí galera, como estão?
Como prometido na resenha de Se Eu Ficar vim postar pra vocês a resenha do livro Para onde ela foi, que é uma continuação de Se Eu Ficar. Peço desculpas pela demora, já terminei de ler há meses, mas só agora tive tempo de postar. Então vamos a resenha.

Se você tivesse uma segunda chance para o primeiro amor... Você aceitaria?"

Livro: Para onde ela foi
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 219 + um trecho de um outro livro da autora (Total de 239 páginas).

Já faz três anos que o amor de Adam salvou Mia após o acidente que mudou a vida dela. Três anos desde que Mia saiu da vida de Adam para sempre. Vivendo agora em lados opostos do país, Mia é um talento em ascensão na Juilliard, a conceituada escola de música, e Adam é o típico astro de rock de Los Angeles, com direito a notícias nos tabloides e uma namorada-celebridade. Quando Adam se vê sozinho em Nova York, o acaso reúne o casal mais uma vez. Por uma noite."
Após a tragédia, a vida de Mia e Adam muda completamente, eles se distanciam cada dia mais até que cada um passa a seguir seus caminhos e seus sonhos. Mia fazendo sucesso com a música clássica e Adam com sua banda de rock.
Mesmo sem deixar transparecer, Adam ainda ama Mia e não convive bem com a separação, e está sempre buscando respostas do porquê isso aconteceu. Ainda que com toda fama, inúmeros fãs, várias mulheres á sua volta e sua nova namorada, Adam ainda sente um vazio em sua vida, que só poderá ser preenchido por Mia.

Para onde ela foi segue o mesmo esquema de Se Eu Ficar, os flashbacks continuam, e a história se passa em praticamente um dia, porém quem narra a história dessa vez é Adam. O livro é todo narrado em primeira pessoa, onde dessa vez é retratada a vida de Adam após o acidente com Mia.
Ao contrário de Se Eu Ficar que era mais focado na relação da Mia com a família, Para onde ela foi é mais focado na relação entre Mia e Adam, tanto antes de o acidente acontecer, quanto como está a vida de Adam agora, seus pensamentos, questionamentos, sentimentos e pensamentos.
O livro, é uma relação de amor e ódio com os personagens. A autora consegue fazer com que você ame alguém ao longo da história mas por algum motivo, faz com que você passe a odiá-lo, e termina amando novamente. Além de possuir uma leitura super simples, deixando você com um gostinho de "venha mais" no final.
Ao contrário de algumas resenhas que eu li, eu achei o livro fantástico, apesar de ser uma daquelas histórias de amor um tanto quanto "clichês", a autora consegue fazer com que você entre na história, e passe a sentir tudo aquilo que o próprio personagem está sentindo.
Achei o livro magnifico, e espero que tenha uma adaptação dele para os cinemas. Mas enquanto isso não acontece, que tal curtir uma música da trilha sonora de Se Eu Ficar?


Então é isso galera, espero que tenham gostado, e não se esqueçam de seguir o blog lá no Twitter!
Um grande beijo!

Fan Page

Search

Carregando...

Faça Parte!